Sinal Fechado

junho 4, 2014 § Deixe um comentário

Sinal Fechado

” – O sinal…
– Eu procuro você…
– Vai abrir, vai abrir…
– Eu prometo, não esqueço, não esqueço…
– Por favor, não esqueça, não esqueça…
– Adeus!
– Adeus!
– Adeus
– Adeus!”

Silêncio

março 19, 2014 § Deixe um comentário

Quando silêncio se faz gritante.

Incomoda a mente.

Corrói o peito.

Molha a face.

Em mil compassos

é uma simples pausa de reflexão.

Se maior for,

não tem como insistir.

Apenas desistir.

Priscilla Guerra

 

Da Viola

agosto 21, 2013 § Deixe um comentário

Por um coração leviano,

tive desilusão.

Por desenganos chorei.

Não quero mais amar a ninguém.

Quero, apenas, uma pausa.

Não sei correr.

E como velho marinheiro,

levo o barco devagar,

na busca de um sono tranquilo.

Priscilla Guerra

Solidão

março 25, 2013 § Deixe um comentário

“Solidão palavra cavada no coração…”

 Paulinho da Viola

 

Meu tempo é hoje

março 25, 2013 § Deixe um comentário

“Meu tempo é hoje.
Eu não vivo no passado .
O passado vive em mim.”

Paulinho da Viola

Onde estou?

Você está navegando em publicações marcadas com Paulinho da Viola em Palavras pra Iaiá.