Um Eu te amo

abril 27, 2012 § Deixe um comentário

             Posso ser uma canceriana inveterada porém não sei quando dizer “eu te amo”. Acabei de assistir um filme que na cena final um casal deitado na cama trocam olhares e um diz que aquele olhar significa “eu te amo”. O outro em silêncio sorri e nada responde. O que significa dizer no momento do outro um “eu te amo”? Passa sinceridade dizer um “eu te amo” logo depois? Como não parecer por obrigação. Simpatia. E isso significa que o outro não ama só porque não falou? Não acho. Eu como a personagem da trama já me vi deparada com essa situação. E nada respondi. Absorvi com uma das maiores alegrias da minha vida por ter nos meus ouvidos pela primeira vez alguém dizendo eu te amo. Mas não ter respondido um “eu também te amo” não significa que eu não ame. Não sabe o quanto aquilo foi importante mas o coração que desde sempre sofreu precisou tomar com cuidado aquela declaração. Remontar-se após suas feridas para quem sabe falar o que sente sem que a mente o controle. Sem que pensamentos sejam mais fortes que o sentimento. Talvez seja isso. Quando nos deparamos com um “Eu te amo” ou quando dizemos um “eu te amo” necessitamos que a mente e o coração estejam juntos. Um apenas falando pode trazer sérios problemas. É necessário que os dois estejam juntos mas é necessário tomar cuidado e não deixar que a hora de dizer passe e retardadamente quando for dizer possa não ser mais compreendido pelo outro. Tome cuidado porque tem hora e o amor do outro sabe esperar mas nem tanto. O nosso coração e o coração alheio desejam ser felizes. Por isso não permita que o tempo deles passem. Não demore a dizer o que realmente sinta. Sendo amor ou não sendo. Fale. Mas dê preferência ao “eu te amo”.

Priscilla Guerra

Imagem: Orlando Pedroso

Estrela Cadente.

abril 21, 2012 § Deixe um comentário

            Os outros brincavam porque ela vivia olhando para o céu, no mundo na Lua. Mas naquela noite, ela que perdia seu tempo olhando para o céu, ganhou o maior presente de todos. E uma estrela cadente, a mais brilhante e longa que já tinha visto na vida cruzou o céu. Junto com ela levou seus pedidos. Em seu coração uma esperança voltou a brotar. E sorrindo continuo a observar o céu. Agora sem estrela cadente mas cheio de desejos. 

Priscilla Guerra

Medo ou Desdém?

abril 12, 2012 § Deixe um comentário

                Um interessante artigo sobre como a Presidente Dilma foi recebida na última visita ao EUA. A matéria relembra a forma como os EUA sempre olhou para a América Latina e como parece continuar olhando. O que vem mudando é que grandes empresas e instituições já começam a ver o Brasil como grande ameaça ao Poder americano na América o que não é visto pelo Governo americano que tratou a visita da nossa Presidente sem grandes considerações. Seria isso medo da potência que surgi ao Sul do Equador ou desdém achando que não somos tão forte assim? Vale esperar e ver o papel que o Brasil vem construindo no novo cenário mundial onde os emergentes parecem ter melhor soluções do que as velhas potências.  

Priscilla Guerra

http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2012/04/12/todos-querem-falar-com-dilma-menos-obama-diz-jornal-britanico.htm

Onde estou?

Você está atualmente visualizando os arquivos para abril, 2012 em Palavras pra Iaiá.