Lista de LPs

dezembro 27, 2011 § Deixe um comentário

Lista de Lps:Beth Carvalho – Nos botequins da vida.
Cartola – História da Música Popular Brasileira
Milton Nascimento – Clube da Esquina 2
Maria Bethânia – Série Coletânea vol. 5
Nara Leão – Vento de Maio
Vinicius de Moraes – Eu sei que vou te amar
Toquinho e Vinicius – Um pouco de ilusão
Bob Dylan’s Greatest Hits Vol. 1
Roberto Carlos – É proibido fumar
Edith Piaf – Recital de 1961 no Olympia
Billie Holiday – All or Nothing At All
Eydie Gorme e Trio Los Panchos – Amor
Chico Buarque – Vida
Chico Buarque – A ópera do Malandro
Chico Buarque – Almanaque
Chico Buarque e Maria Bethânia – Ao vivo no Canecão
Elizeth Cardoso – Momento de Amor
Dorival Caymmi – Nova História da Música Popular Brasileira
Sérgio Mendes & Brasil ’66 – Look Around
Ray Charles – I can’t stop loving you
Janis Joplin – Farewell Song
Janis Joplin – Pearl
Alcione – Alerta Geral
Fitzgerald & Pass… Again
Ella Fitzgerald – Hello, Dolly
Ella and Basie – A perfect Match
Ella Live – Berlim
Pixinguinha – 70 anos
Adoniran Barbosa – Música Popular Brasileira (Coletânea)
Paulinho da Viola – Música Popular Brasileira (Coletânea)
Cartola – Bate outra vez (Coletânea)
Chico Buarque – Música Popular Brasileira (Coletânea)
Chico Buarque – Sem Nome
Chico Buarque – Meus Caros Amigos
Chico Buarque – Sem nome
Chico Buarque – Um operário em construção (Coletânea)
Elza Soares – Na roda do samba
Clementina, Cadê você?
Jair de todos os sambas.
Elis – Luz das estrelas
Elis – A bossa maior de Elis Regina
Elizeth Cardoso – A Enluarada Elizeth
Aretha Franklin – Aretha Now
Zeca Pagodinho – Zeca Pagodinho
Gal Costa – Minha Voz
Clara Nunes – Nação
Elizeth Cardoso, Zimbo Trio e Jacob do Bandolim – Ao vivo no João Caetano Vol. I e II
Elizeth Cardoso e Zimbo Trio – É de manhã
Zé Ramalho – A peleja do Diabo com o Dono do Céu
Jorge Ben Jor – O grandes sucessos
Caetano Veloso – Muito

Anúncios

Acontece

dezembro 23, 2011 § Deixe um comentário

“Acontece que ele não sabia mais olhar, mais falar e mais ouvir. E preferiu assim. A cegueira, a mudez e a surdez. Para não mais ter que ver aquilo que seus olhos não queriam, a falar coisas que não deviam e a ouvir desculpas que não convenciam.”

Priscilla Guerra

Frase do dia

dezembro 15, 2011 § Deixe um comentário

‎”Creio mais na sabedoria daqueles que pecam e reconhecem seus pecados do que daqueles que são Santos.”

Priscilla Guerra

Campanha Perfeita de Incentivo à Leitura

dezembro 14, 2011 § Deixe um comentário

Leitura

dezembro 14, 2011 § Deixe um comentário

                  Nesse fim de período, segundo na faculdade, fiquei eu pensando com botões, da camisa que não uso, onde estará a maturidade dos universitários? Maturidade tanto de vida quanto de leituras. Não sei se o carregar outra faculdade ou viver a sala de aula me leva a pensar isso mas os primeiros períodos de volta a universidade te assustam. Não vou dizer que sou a aluna nota 10 mas busco sempre o maior esforço. Tanto nos trabalhos quanto nos debates em sala de aula. E percebo o quanto uma discussão torna-se pobre quando um aluno tenta convencer o professor com seus achismos. Não que a experiência de vida do aluno não tenha valor dentro das discussões em sala de aula mas quando cai para algo mais aprofundado cadê embasamentos teóricos e pensamentos mais aprofundados sobre o assunto para discutir aquilo e vencer com argumentos bem construídos? O que custa ler os textos passados? Me lembro do professor Andrelino, de introdução ao pensamento geográfico, no primeiro período da faculdade que sentava e esperava nós com nossos textos lidos e questões. Não tinha questão, não tinha aula. Lembro do dia que ninguém leu o texto e ele se retirou da sala e geral comeu um ao outro por não ter lido o texto. Ele voltou e comentou o que tínhamos perdidos por não ler e aula foi das mais sem graça de todo o período. Não era a minha aula preferida de fato. Tinha acabado de sair do segundo ano, aos 17 anos sentada no banco da universidade e não entendia uma linha do que os textos diziam quando estava em casa mas quando entrava em sala e as minhas dúvidas eram iguais a de todos em sala e a discussão comia solta em sala, aquelas aulas pareciam ser as mais perfeitas da vida. E isso no primeiro período. Aquela era a aula que mais assustou, a todos nós calouros, no primeiro dia de aula quando uma cadeira em cima da mesa não não era mais uma cadeira e um cinco escrito no quadro não era mais um cinco. E Andrelino virou dos professores mais admirado por todos nós na faculdade. O quanto leitura fez a diferença nesses quatro anos de universidade e o quanto está fazendo a diferença dentro da nova faculdade. Será que vão ter que criar uma campanha para o universitário  lerem mais? A desculpa “Ah não tenho tempo…” é das mais ouvidas. Mas o que faz você no facebook a madrugada toda enquanto poderia estar lendo? E não lendo só o que o professor da faculdade te manda. Lendo as coisas mais interessantes do mundo e não só manchetes de sites de notícias e frases feitas de pessoas que com certeza não são as que escreveram, na maioria das vezes, aquelas citações. Não sou a mais culta das pessoas mas descobri que as discussões, os debates e as conversas sem fim que muitas vezes tinha pelos corredores da faculdade me fazem muita falta. Saudades de discordar e concordar de ideias que me transformaram e formaram. Sendo assim vou ali acabar de ler algum dos vários livros de cabeceira que tenho no cantinho da mesa. As férias estão ai. Passar a ler mais e escrever sobre as coisas que leu é um bom exercício para nós, futuros jornalistas. 

Priscilla Guerra

dezembro 14, 2011 § Deixe um comentário

Vamos voltar a falar de coisa séria? Porque isso aqui é um blog de uma pessoa séria e não de uma louca de TPM.

Ainda tem tempo

dezembro 13, 2011 § Deixe um comentário

                O mais foda disso tudo? É você concluir que insistiu em uma coisa totalmente fora do seu padrão para poder fugir daquilo que sempre teve: a imaginação. E por mais preocupante que possa ser viver na imaginação, o real sempre estraga. Mas talvez se tivesse insistido na imaginação, ela pudesse ter se tornado realidade e Platão dessa vez teria se ferrado. Talvez não seja tarde demais para pensar que aquilo que poderia ter tentado não possa dar certo. Vai saber? Quem sabe a ilusão, a imaginação tenha se dissolvido e possa ser verdade. Ainda tem tempo. Corre. Vai lá. Insista. Mesmo que você tenha fugido, pode ser que ela não tenha se dissolvido. Com certeza se for o negativo, vai ser dos mais agradáveis. Como aquele lá atrás foi dos mais lindos. Mas faça. Porque dessa vez merece e muito. 

Priscilla Guerra

Onde estou?

Você está atualmente visualizando os arquivos para dezembro, 2011 em Palavras pra Iaiá.